Ícone do site Notícia Preta

Anitta entra para Conselho de Administração do Nubank

Para o Nubank, aliar-se à maior e mais influente artista do Brasil significa contar com sua expertise em construção de marcas (Imagem: Divulgação)

APOIE O NOTÍCIA PRETA

A estrela do pop Anitta se juntou à start-up financeira Nubank como sua sétima integrante do conselho de administração, em uma contratação inusitada por um banco.

Com a entrada da cantora no conselho do banco, o Nubank sinaliza mais uma vez sua estratégia de se aproximar das classes mais populares, o que acontece após o episódio de racismo com as declaração feita pela cofundadora Cristina Junqueira no ano passado. A empresária disse que a empresa não podia se “nivelar por baixo” para buscar diversidade na equipe. Logo depois ela se desculpou e o Nubank fez uma série de anúncios de investimentos na área.

Em março deste ano, o Nubank crirou um fundo de investimento para empreendedores negros; em maio anunciou ter um novo sócio-investidor negro e líder do maior fundo de venture capital do Vale do Silício e no mesmo mês divulgou que negros são 48% dos novos colaboradores da Nubank.

O Nubank disse em comunicado nesta segunda-feira (21) que Anitta, cujo single mais recente se chama “Girl From Rio” em homenagem ao hit dos anos 1960 “Garota de Ipanema”, ajudará o banco a melhorar seus serviços e produtos e irá participar de reuniões trimestrais com a diretoria para auxiliar nas decisões estratégicas sobre o futuro do negócio.

Segundo Anitta, é importante que os bancos democratizem o crédito no Brasil.

“É muito chato e constrangedor não conseguir ter acesso a produtos financeiros. Muita gente na América Latina sempre viveu de emprego informal. Como essas pessoas vão ter histórico de crédito? Fiquei impressionada ao ver o trabalho do Nubank em fazer com que milhões de pessoas se sintam incluídas, podendo ter uma vida financeira melhor”.

explica Anitta
A cantora será a terceira mulher do Conselho de Administração do Nubank (Imagem: Divulgação)

O CEO e fundador do banco, David Vélez, disse que a cantora de 29 anos trará um profundo conhecimento de marketing para consumidores na América Latina.

“Anitta tem profundo conhecimento do comportamento dos consumidores nesses mercados que tem explorado e tem muita experiência em estratégias de marketing vencedoras. Essas competências foram chave para a convidarmos para o Conselho”

disse Vélez, em comunicado.

A cantora é a terceira mulher do Conselho de Administração da fintech: as outras profissionais são Anita Sands, professora da universidade americana de Princeton e ex-diretora de operações do banco suíço UBS, e Jacqueline Reses, ex-presidente da fintech Square e atual presidente do Conselho Consultivo Econômico do FED, o banco central norte-americano.

Com 40 milhões de clientes no Brasil, México e Colômbia, o Nubank foi avaliado em US$ 30 bilhões em uma recente rodada de financiamento liderada pela Berkshire Hathaway, do acionista Warren Buffett.

Fonte: Reuters

Sair da versão mobile