Ícone do site Notícia Preta

Virada Preta de SP terá temática afro cultural

APOIE O NOTÍCIA PRETA

No dias 28 e 29 de maio será realizada a Virada Preta, na Casa PretaHub, localizada no bairro da Bela Vista em São Paulo. O evento terá muita arte, música, oficinas e rodas de conversas e todas as atrações, serão voltadas para cultura afro-brasileira. A virada Preta ocorrerá no mesmo final de semana da Virada Cultural, promovida pela Prefeitura de São Paulo, que volta a ser presencial após dois anos de pandemia.

Na programação do dia 28, terá roda de conversa, dança afro com Inajá Tetembuá, oficina e apresentação de discotecagem com a DJ Miria Alves, criadora do TPM – Todas Podem Mixar,e Mercado da Preta, com afroempreendedores expondo e vendendo os seus produtos. Já no último dia do evento, 29, durante todo o dia, também haverá o Mercado da Preta, Leitura do ContraManifesto com o artista Ramo Negro e Sarau Papo de Mina, com muita poesia e música.

O evento será gratuito e começará às 09h e terminará às 19h no sábado dia 28 e no domingo 29 às 10h até às 18h. Para participar, é preciso realizar a inscrição no site da Casa Preta Hub (clique aqui).

A Feira Preta

Criada em 2002 por Adriana Barbosa como uma feira de produtos de empreendedores negros, hoje é o maior evento de cultura e empreendedorismo da América Latina, trazendo conteúdos, produtos e serviços que representam o que há de mais inventivo, inovador e criativo em diferentes segmentos. É o maior espelho vivo das tendências afro-contemporâneas do mercado e das artes da América Latina, além de ser o espaço ideal para valorizar iniciativas afro-empreendedoras de diversos segmentos, com acesso desde tecnologia à literatura, de música às artes digitais, sempre apresentando o que há de mais urgente e futurista nas reflexões da existência preta.

Leia também: “Cores em Diáspora”: Design Ancestral é tema de curta-metragem que estreia 4 de junho

PretaHub é uma aceleradora do empreendedorismo negro no Brasil. Um hub de criatividade, inventividade e tendências pretas. É uma evolução da experiência de 18 anos da Feira Preta, maior evento de cultura e economia negra da América Latina, que em 2018 atingiu sua maioridade

Sair da versão mobile