Via Coletiva de Teatro apresenta peça inspirada livremente na vida e obra de Carolina Maria de Jesus

APOIE O NOTÍCIA PRETA
Criado na USP, o grupo discute urbanização e ocupação de São Paulo e é apoiado pelo ProAC

Quantas histórias invisíveis cabem em uma metrópole? A Via Coletiva de Teatro segue o caminho de Carolina Maria de Jesus, a partir de seu livro, Quarto de Despejo, para conhecer a cidade que ela ocupou. Ao sair às ruas em busca de depoimentos que narrem as transformações urbanas desenfreadas na capital paulista, o grupo traz um espetáculo inédito construído a partir de derivas e intervenções urbanas. Das ruas ao teatro, as performances transformadas em dramaturgia, dialogam sobre o limiar entre realidade e ficção no processo histórico de segregação espacial na cidade.

O grupo, que se formou na Escola de Comunicações e Artes da USP, está levando oficinas, debates e o espetáculo para as regiões da cidade em que Carolina viveu: zona norte, centro e zona sul. Agora, a Via Coletiva irá ocupar a Oficina Cultural Oswald de Andrade, na região central. Nos dias 15 e 16 de Julho ocorrerão as oficinas, no dia 17 um debate e dos dias 17 a 20 a apresentação da peça (mais detalhes sobre cada uma das atividades no release completo).

SERVIÇO

Local: Oficina Cultural Oswald De Andrade – Rua Três Rios, 363 – Bom Retiro, São Paulo 

PEÇA
Sonhos em Travessia: do fluxo ao abandono | Ocupação Oswald
Datas: 17 a 20 de julho 
Horário: quarta a sexta-feira às 20h | sábado às 18h
Gratuito (retirar ingresso com 1h de antecedência)

OFICINA
Data e horário: 15 e 16 de julho às 14h

DEBATE
Tema: Como o local de onde viemos e quem somos marca nossa produção e prática artística?
Convidados: a confirmar
Data e horário: 17 de julho às 16h

Toda a programação é gratuita.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.