Ícone do site Notícia Preta

Preço da gasolina sobe 0,37% após três semanas seguidas de queda, afirma ANP 

APOIE O NOTÍCIA PRETA

De acordo com a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o preço médio do litro da gasolina aumentou 0,37% nos postos do país nesta semana. O litro do combustível foi de R$ 7,192 para R$ 7,219. A alta ocorre após três semanas seguidas de queda do combustível. O preço máximo da gasolina no período foi de R$ 8,327. 

Foto: Pixabay

Já o etanol registrou 4,5% de aumento no preço médio do litro, uma alta pela sexta semana seguida de acordo com o boletim da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), divulgado nesta segunda-feira (18). Na semana do dia 27 de fevereiro até 5 de março, o litro do combustível custava, em média, R$4,615. Já nesta semana, o preço médio é de R$ 5,241. 

Leia também: Preço da gasolina chega a R$ 8,399 no RJ, afirma ANP 

Vale ressaltar que os preços médios do etanol subiram em 22 unidades da federação nesta semana. Em São Paulo, por exemplo, o combustível aumentou 5,88%, custando, em média, R$ 5,036. Em oito estados brasileiros, como Roraima, Rio de Janeiro e Amapá, o valor médio do litro já ultrapassou os R$6,00. Na quinta-feira (14), José Mauro Ferreira Coelho tomou posse como novo presidente da Petrobras. O executivo cumpre mandato de um ano e ocupa o lugar do general Joaquim Silva e Luna, que foi demitido pelo presidente Jair Bolsonaro em meio aos reajustes dos preços dos combustíveis.

É a segunda vez que Bolsonaro interfere na gestão da empresa por insatisfação com a política de preços para os combustíveis. Silva e Luna havia substituído o economista Roberto Castello Branco, que também sofreu pressão do governo federal por conta dos reajustes do diesel e da gasolina. Vale lembrar que desde 2016 a Petrobrás adotou o preço de paridade de importação (PPI) para definir o preço da gasolina e diesel nas refinarias.  

Sair da versão mobile