Ícone do site Notícia Preta

Policiais americanos agridem e prendem cadeirante negro em protesto em Los Angeles

APOIE O NOTÍCIA PRETA
Joshua Wilson

Esta semana o vídeo onde o manifestante Joshua Wilson, que é cadeirante, foi agredido pela polícia nos Estados Unidos viralizou na internet. Wilson teve sua cadeira de rodas quebrada por policiais durante um protesto antirracista em Los Angeles, na última terça-feira (14).

Nas imagens é possivel ver Joshua Wilson tentando se defender de pelo menos três policiais até ser jogado no chão junto com dua cadeira. Os policiais não param de agredir o cadeirante, que tenta a todo momento se defender, até que um dos agentes joga para longe a cadeira de Wilson e quebra uma das rodas. O vídeo mostra que os manifestantes estavam em menor número e que os policiais usaram força excessiva.

Após o manifestante ser algemado e preso, ativistas criaram uma vaquinha virtual para arrecadar dinheiro e conseguiram pagar a fiança para que Wilson possa responder em liberdade.

Segundo o Departamento de Polícia de Los Angeles, Wilson teria dado um soco no rosto de um policial e portava uma arma de fogo: “Em 14 de julho, aproximadamente 50 manifestantes tentaram interferir na prisão de três indivíduos. Durante o incidente, um homem em uma cadeira de rodas, Joshua Wilson, deu um soco no rosto de um policial. Wilson, um condenado pela Justiça, foi levado em custódia e uma arma carregada foi encontrada com ele”, disse a polícia de Los Angeles através de seu twitter oficial.

Ainda segundo a polícia de Los Angeles, o caso foi desencadeado por manifestantes que teriam sido agressivos com os policiais desde o início. Quatro policiais foram tratados por ferimentos leves.

Cailin O’Brien, um manifestante de 25 anos, disse ao jornal Los Angeles Times que a polícia, que estava em carros da SWAT, apareceu do nadae cercou o grupo de aproximadamente 15 manifestantes: “Nós estávamos desarmados. Estávamos segurando cartazes. E nos deparamos com o equipamento anti-motim, cassetetes e empurrões fortes ”de policiais, disse o homem.

Sair da versão mobile