Mangueira presente! Verde e rosa é campeã do carnaval 2019

Crédito: André Gomes de Melo

A Mangueira tirou a poeira dos porões, abriu alas para heróis de barracões, levantou a multidão e, com isso, conquistou o carnaval de 2019. Com o enredo “História para ninar gente grande”, a Estação Primeira chegou ao seu 20º título, o segundo sob o comando do carnavalesco Leandro Vieira. Em segundo lugar ficou a Viradouro e em terceiro, a Unidos de Vila Isabel.

Penúltima a desfilar na segunda-feira, a Verde-Rosa iniciou sua apresentação com uma comissão de frente potente, com uma encenação que mostrava índios e negros lutando contra colonizadores e depois rasgando páginas do que representariam os livros atuais – que trazem os europeus como heróis. Num segundo momento, após a derrota dos colonizadores, Cacá Nascimento, de 11 anos, surge com roupa de estudante e nas mãos um novo livro, com a História contada pela Mangueira, cujas páginas traziam a palavra ‘presente’.

O tom crítico permaneceu ao longo de todo o desfile, que mostrou uma alegoria com os ditos heróis nacionais em meio a faixas com a palavra “assassinos” e em cima de corpos. Na última ala, mais uma homenagem a Marielle Franco, vereadora do Rio de Janeiro executada no dia 14 de março de 2018, e a todos que morreram lutando por seus ideais ou por causa deles. Além da bandeira com seu rosto dela, a mulher dela, políticos e artistas que conviveram com a vereadora carregaram uma representação da bandeira nacional, mas em verde e rosa, com os dizeres: “índios, pretos e pobres” no lugar de “ordem e progresso”. Motivo de protesto nas redes sociais, a filha e os pais de Marielle não foram convidados a participar da desfile.

Crédito: André Gomes de Melo

Após a cerimônia de premiação chamou a atenção a felicidade de Robson Negão, porteiro do barracão da Verde e Rosa, que não largou o troféu de primeiro lugar e em entrevista ao vivo disse: “Esse título é nosso, somos os heróis de barracão”.

A Mangueira volta a desfilar no próximo sábado, na Marquês de Sapucaí, no desfile das campeãs. Os ingressos serão vendidos a partir de amanhã, das 10h às 17h, na bilheteria localizada atrás do setor 11.

Veja abaixo o resultado final do Grupo Especial:

1º – Mangueira
2º – Viradouro
3º – Vila Isabel
4º – Portela
5º – Salgueiro
6º – Mocidade
7º – Unidos da Tijuca
8º – Paraíso do Tuiuti
9º – Grande Rio
10º – União da Ilha
11º – Beija-Flor
12º – São Clemente
13º – Imperatriz (rebaixada)
14º – Império Serrano (rebaixada)

Resultado final da Série A

1º – Estácio de Sá (subiu para o Grupo Especial)
2º – Acadêmicos do Cubango
3º – Unidos do Porto da Pedra
4º – Império da Tijuca
5º – Acadêmicos de Santa Cruz
6º – Renascer de Jacarepaguá
7º – Unidos de Padre Miguel
8º – Unidos de Bangu
9º – Inocentes de Belford Roxo
10º – Unidos da Ponte
11º – Acadêmicos da Rocinha
12º – Acadêmicos do Sossego
13º – Alegria da Zona Sul (rebaixada)



Lídia Michelle Azevedo

Formada em Comunicação Social - Jornalismo pela UFRJ, em 2009, já passou pelas redações do Jornal dos Sports, Assessoria de Imprensa do IBDD (Instituto Brasileiro dos Direitos da Pessoa com Deficiencia) Revista Ferroviária, Expresso, Extra, Canal A e atualmente está na assessoria de comunicação da Fundação Cecierj.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: