Jogador é alvo de racismo durante partida do Campeonato Espanhol 

APOIE O NOTÍCIA PRETA

O lateral- direito Carlos Akapo foi alvo de racismo por parte de um torcedor que gesticulou para ele imitando um macaco durante o jogo entre Granada e Cádiz, em partida válida pelo Campeonato Espanhol, na última segunda-feira, 28. Ao sair de campo após ser substituído, o atleta do time do Cádiz passou perto de torcedores rivais na arquibancada, quando viu o ato e repreendeu o homem. Após o ocorrido, o jogador desabafou nas redes sociais e pediu pelo fim do racismo. 

O jogador Carlos Akapo. Foto: Reprodução Redes Sociais

“O racismo precisa ser erradicado. É lamentável que no dia de hoje, em 2022, existam atos assim em um campo de futebol. Temos que dar exemplo também na arquibancada, sei que foram quatro idiotas. Para chamá-los de alguma forma. Mas não podemos dar esse exemplo às crianças e a todos.”, dizia a publicação. 

Leia também: Após jogador do Londrina ser chamado de ‘macaco’, Brusque alega oportunismo do atleta

Nascido em Elche, na Espanha, Carlos Akapo defende a seleção de Guiné Equatorial, disputando a Copa Africana de Nações no início do ano. O lateral de 28 anos está no Cádiz desde 2019 e tem sido titular na luta contra o rebaixamento. 

Ciente do ocorrido e mandante na partida, o Granada publicou uma nota oficial condenando o ato, além de informar que já deu início às investigações sobre o caso. 

O Granada CF condena veementemente qualquer ato de racismo e não tolerará no seu estádio qualquer comportamento que reflita uma atitude intolerante ou discriminatória em relação aos jogadores ou torcedores que venham ao nosso campo. 

O clube iniciou uma investigação e tomará as medidas pertinentes para sancionar com firmeza esse comportamento que não representa os valores do Granada CF ou de seus torcedores. 

O Granada CF mantém a tolerância zero em relação a todo o tipo de manifestações racistas e orgulha-se de um torcedor que sempre demonstrou o seu respeito pelos clubes e torcedores rivais“. 

APOIO-SITE-PICPAY

Wellington Andrade

Jornalista formado pela FACHA (Faculdades Integradas Hélio Alonso) e pedagogo pela UERJ. Atualmente escreve para o Portal Notícia Preta e atua no segmento de assessoria de imprensa em parceria com a agência Angel Comunicação. Possui passagens por diferentes veículos como repórter, produtor e apurador, dentre eles TVs Record, SBT e Rede Vida de Televisão, além das rádios Bicuda FM, Nativa FM, Tupi AM e FM, Revista Ziriguidum Nota 10 e no portal especializado em Carnaval SRZD, do jornalista Sidney Rezende. Instagram: @reporterwellingtonandrade

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.