“Bonde das Pretas”: escritora paulista lança livro criticando racismo e machismo

APOIE O NOTÍCIA PRETA

A escritora e poeta Julie Lua lança seu primeiro romance, intitulado Bonde das Pretas. A obra relata uma viagem em que quatro amigas, desde o tempo do colégio, resolvem passar o carnaval em uma praia do litoral paulista. Mas, ao chegarem no local, elas percebem que caíram no golpe do aluguel de temporada e nada do que era prometido no anúncio condizia com realidade.

Foto: Divulgação

A narrativa, que será lançada dia  23 de julho, às 16h, no Instituto Procomum em Santos (SP), discorre sobre reflexões, consumismo e a possibilidade de uma vida alternativa junto à comunidade local. Abrange, ainda, temas como naturismo, gordofobia, racismo na infância em ambiente escolar e relacionamentos LGBTQIA+. 

De acordo com Julie, esta não é a primeira publicação. “Em 2021 estreei no campo editorial, quando lancei ‘Mulher do Fim do Mundo’, uma coletânea com poesias que retratam dor, luta e vitórias. A obra foi dedicada em agradecimento às muitas mulheres que cruzaram o meu caminho”, relata. 

Diferente de “Mulher do Fim do Mundo’, em “Bonde das Pretas” Julie Lua escolheu tecer sobre liberdade. Mesmo sendo um romance ficcional, a autora escreve pra além de suas dores uma história, de forma despretensiosa e divertida sobre quatro amigas em busca de liberdade em suas  vivências. 

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Igor Rocha

Igor Rocha é jornalista, nascido e criado no Cantinho do Céu, com ampla experiência em assessoria de comunicação e escritor nas horas vagas. Editor do Notícia Preta.

3 Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.