Ícone do site Notícia Preta

“Tu pesa o quê? Mais de sete arrobas” diz Bolsonaro a apoiador negro

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Mais uma vez o presidente Jair Bolsonaro utilizou uma expressão racista ao se dirigir a uma pessoa negra, o presidente da Câmara Municipal de Holambra (SP), Mauro Sérgio de Oliveira, seu apoiador. O caso aconteceu nesta terça (12), na saída do Palácio da Alvorada.

Na ocasião, um outro homem informou que conseguiria levantar o vereador, logo após o chefe do executivo disse: “Conseguiram te levantar? Tu pesa o quê? Mais de sete arrobas, né?”.

Essa não é a primeira vez que Bolsonaro diz esta frase. Em 2017, quando ocupava o cargo de Deputado Federal pelo Rio de Janeiro, durante uma palestra ele afirmou que ao visitar quilombolas percebeu que eles não faziam nada e o mais leve pesava sete arrobas. O então deputado, chegou a ser condenado na primeira instância, mas foi absolvido na segunda. Arroba é uma unidade de medida usada na pesagem de bovinos e suínos.

(Photo by Andressa Anholete/Getty Images)

Neste evento, da primeira utilização da expressão de teor racista, o líder do executivo afirmou que os povos indígenas e quilombolas trabalham a economia do país. “Eu já fui num quilombo. O afrodescendente mais leve lá pesava sete arrobas. Não fazem nada. Eu acho que nem para procriador ele serve mais. Mais de R$1 bilhão por ano é gasto com eles”, disse.

Leia também: Coletivo Lena Santos realiza o 2º Congresso Nacional de Jornalismo Negro

A frase, de teor racista, se junta a outros momentos em que Bolsonaro também realizou comentários do mesmo cunho. Em junho de 2021, ele perguntou para um apoiador com o cabelo black “como é que tá a criação de barata, aí?”. Já no ano de 2020, o Presidente associou que o deputado federal Hélio Lopes (PL-RJ), por meio de uma metáfora, era negro pela gestação em um forno, e Hélio teria dado uma “queimadinha” ao demorar dez meses para nascer.

Sair da versão mobile