Ícone do site Notícia Preta

Belo Horizonte recebe a 1ª Edição da Mostra de Cinema Negro Re-costuras e Afeto

APOIE O NOTÍCIA PRETA
Cena do Filme Café com Canela / Ary Rosa e Glenda Nicácio

O Galpão Cine Horto recebe pela primeira vez, a Mostra de Cinema Negro Re-costuras e Afeto, que será apresentado entre os dias 4 e 25 de novembro.

Curado e organizado pelo projeto Enquadro, a mostra integra a programação do Segunda tem Cinema, projeto onde o público pode acompanhar exibição de filmes gratuitos e comentados por cinéfilos.

Durante o mês de novembro, sempre as segundas a mostra vai apresentar ao público  longas e curta metragens com comentários de pesquisadores, diretores e atores do cinema negro.

O nome Re-Costuras e Afeto, que batiza também a divisão das sessões, foi escolhido, segundo a sua co-fundadora, Amanda Lira, após analise dos filmes que marcaram o projeto. 

Filme Negrume

Foi observado que todos tinham um olhar voltado para as raízes ancestrais e para o passado, as historias eram reconstruídas para então apontar um presente. Mas, também tinha a outra ponta onde as histórias seguiam o caminho do afeto entre as pessoas, que trabalham com o olhar gentil e singelo sobre as relações e se distanciam dos estereótipos comumente associados, no cinema, aos corpos negros. 

“A proposta da mostra é realmente mostrar a diversidade do cinema realizado por pessoas negras no Brasil e ressaltar a importância da ocupação dos espaços culturais. Para nós, é muito representativo contribuir, ao menos um pouco, para esse movimento” comenta Amanda. 

A programação começa nesta segunda, dia 4 com a exibição do filme Pitanga, dirigido por Camila Pitanga e Beto Brant. 

Sair da versão mobile