Ícone do site Notícia Preta

Alê Santos lança série de podcasts sobre os maiores racistas da história brasileira

APOIE O NOTÍCIA PRETA
A série de podcasts foi lançada na última semana e terá quatro personagens históricos – Ilustração: Illustradoug/Douglas Lopes

O escritor e colunista Alê Santos lançou, esta semana, uma série especial de podcasts que narra a trajetória de conhecidos personagens brasileiros que, desde o início da República, contribuíram para a disseminação do racismo no país. Políticos, médicos, jornalistas e todo tipo de personalidade intelectual ou influente no país que trabalhou para fundamentar a versão brasileira do racismo científico. Intitulado “Os Maiores Racistas da História Brasileira”, o autor divide com seus ouvintes fatos e obras escritas por esses personagens.

Para a estreia, Alê apresenta Raimundo Nina Rodrigues, médico legista, antropólogo, psiquiatra forense, ficou conhecido por seus estudos que afirmavam que negros e índios tinham desenvolvimento intelectual e mental inferior aos brancos. “Nina Rodrigues foi um dos pais do racismo brasileiro. A ideias racistas evoluem academicamente a partir de vários estudos, incluindo os de Nina Rodrigues”, afirma Ale Santos.

Esta primeira temporada terá quatro personagens e, além de Raimundo Nina Rodrigues, o autor adianta que Monteiro Lobato também estará no podcast. Quando questionado qual personagem o teria mais abalado, Alê cita o autor do Sítio do Picapau Amarelo. “Eu morei em Taubaté- cidade onde Lobato nasceu- e a cidade até hoje idolatra ele. As escolas municipais estudam ele e reproduzem tudo para crianças. Eu senti na pele os efeitos do seu racismo,” afirma Santos.

Periodicidade

Toda quarta-feira, um novo episódio será lançado e o primeiro da série sobre Raimundo Nina Rodrigues já está disponível nas plataformas digitais. Os episódios especiais fazem parte do Infiltrados No Cast, um podcast de discussões políticas, sociais e culturais que traz pensadores negros para dentro dos maiores debates da sociedade. “Vamos analisar as maiores polêmicas da sociedade relevando o contexto histórico do país e considerando os pontos de vistas que ficam de fora do convencional”, finalizou Alê Santos que é colunista, escritor e autor do livro Rastros de Resistência.

Sair da versão mobile